Óculos comunicativos

Todo o mundo sabe que óculos são feitos para compensar problemas de visão ou proteger os olhos do sol, mas já pensou em um modelo diferenciado capaz de permitir a portadores de sérias doenças, se comunicar com parentes, amigos e qualquer outra pessoa? Eles existem e chamam-se EyeSpeak, uma invenção da empresa portuguesa LusoVU/Luso Space.

Essa nova e criativa tecnologia funciona da seguinte forma: os óculos projetam um teclado virtual que pode ser visualizado pelo usuário e uma microcâmera monitora a posição de seus olhos, identificando a tecla selecionada. Após “escrever” o que deseja, a pessoa com deficiência aciona o botão “falar” e aquilo que foi escrito é narrado para quem dialoga com ela.

O usuário do equipamento pode “digitar” cerca de 100 letras por minuto e utilizá-lo não apenas para se comunicar, como também com a finalidade de navegar na Internet, sem necessidade de estar conectado a algum computador.

eyespeak

Por volta de 2 milhões de pessoas têm doenças que afetam diretamente a capacidade comunicativa, portanto o EyeSpeak já está fazendo sucesso no mercado, certo? Pasme, mas a resposta é não! Lamentavelmente, a Luso VU/Luso Space só conseguirá lançar o equipamento se a campanha de financiamento coletivo online organizada, mobilizar muitos interessados em apoiar a iniciativa. Até dia 24/07 foram arrecadados 18.871,14 Euros e são necessários 110.269,27. Agora resta menos de um mês para juntar o que falta.

Não é o primeiro texto que escrevo sobre ótimas ideias desperdiçadas por falta de apoio e financiamento. Portanto, novamente faço um apelo aos leitores desse blog, pedindo que divulguem essa iniciativa, buscando contato com alguém que possa e, principalmente, queira contribuir para que 2.000.000 de pessoas tenham a oportunidade de descobrir como é prazeroso e importante se comunicar, alcançando desenvolvimento e fazendo diferença no mundo. Certamente todas terão muito a nos dizer.

Creio que quem se envolve com causas relacionadas a pessoas com deficiência, consegue entender com mais facilidade a importância de fazer bem ao próximo e ajudar quem passa por problemas semelhantes aos nossos no dia a dia. Vamos fazer a sociedade enxergar como essas atitudes são importantes. Lutemos para que o EyeSpeak seja um marco em nossa batalha por inclusão social!

Mais sobre o assunto:

Facebook da Luso VU

Deficientes em Ação

ASDEF

Luso Space

___________________

Texto de Alexandre dos Santos Gouveia

Alexandre dos Santos Gouveia é formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero, foi estagiário da equipe de comunicação do Banco Santander, atuou em rádios como comentarista esportivo e já participou de trabalhos voluntários ligados à prática do futebol. Atualmente é assistente administrativo de comunicação da Zurich Seguros.

Prótese especial muda a vida de jovem haitiano

Uma nova tecnologia pode baratear a montagem de próteses. Esse acessório tão importante para inúmeras pessoas com deficiência, que por problemas no nascimento ou acidentes, vivem sem algum membro, já foi construído utilizando uma impressora 3D.

No Haiti, país devastado por diversos desastres naturais, que sofre com a pobreza, a desnutrição das crianças e os efeitos de uma violenta ditadura, vive Stevenson Joseph, de 12 anos. Ele nasceu sem os dedos das duas mãos, é órfão, foi o primeiro a receber o equipamento e agora poderá segurar objetos e escrever.

A história de como a prótese chegou a Stevenson é linda e inspiradora. O casal americano John Marshall e Lisa participou de uma missão humanitária no Haiti, quando conheceu o garoto abandonado aos 3 anos e, assim que retornou, decidiu pesquisar alguma forma de ajudá-lo. Então, Marshall soube que um sul-africano desenvolveu a tal prótese para si próprio e após meses de dedicação, produziu o equipamento, enviando-o a um hospital haitiano, responsável por colocá-la no braço do menino.

protese

Está aí mais um exemplo da tecnologia a serviço das pessoas, que mostra como é eficaz usar a criatividade e o conhecimento para reduzir custos. A prótese que mudou para sempre a vida de Stevenson custou cerca de 300 dólares, o equivalente a 664 reais.

O elemento mais valioso dessa história não é a tecnologia e sim a lição de vida que o casal americano ensinou a todos nós. Se não fosse o espírito solidário e o empenho de John e Lisa em ajudar a quem precisa, provavelmente essa excelente nova tecnologia não iria chegar a Stevenson. Acredito que o mundo atual pode ser um lugar bem melhor se mais pessoas espalharem-se nesse bonito exemplo.

Dou os parabéns a eles por mostrarem que não há fronteiras maiores que a solidariedade e espero ver muitas outras pessoas com deficiência beneficiarem-se da prótese “impressa” para fazerem a diferença com suas próprias mãos! Stevenson Joseph vai se sentir alguém ainda mais especial e quem sabe, pode se tornar um homem capaz de transformar a triste realidade haitiana.

Confira as notícias a respeito:

Deficientes em Ação

Uol

O Globo

Bahia Notícias

Painel Med

__________________________

Texto de Alexandre dos Santos Gouveia

Alexandre dos Santos Gouveia é formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero, foi estagiário da equipe de comunicação do Banco Santander, atuou em rádios como comentarista esportivo e já participou de trabalhos voluntários ligados à prática do futebol. Atualmente é assistente administrativo de comunicação da Zurich Seguros.

Cartões de estacionamento para idosos e PCDs – Natal

Natal finalizando nossa série sobre Cartão de estacionamento para idosos e PCDs. Para conferir as outras capitais, acompanhe as postagens anteriores:

Você idoso ou pessoa com deficiência já teve dores de cabeça com vagas de estacionamento? Esse seu direito foi injustamente questionado alguma vez? Ou em muitas ocasiões, viu cidadãos que não se enquadram em nenhum desses dois grupos utilizarem essas vagas de forma ilegal?

20111212060850img-credenciais

Se a resposta das três perguntas for sim, saiba que existe um cartão de estacionamento criado para regulamentar o uso desses espaços. Saiba como obter esse documento de acordo com o estado onde você vive.

Natal

E finalmente, em Natal a emissão da credencial de estacionamento é feita pela SEMOB (Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana).

Endereço: Av. Almino Afonso, 44, Ribeira

Telefone: 84 3232-9121 / 3232-9114 / 3232-9117

Documentos necessários:

– CPF;

– Comprovante de residência;

– Telefone;

– Laudo médico (só para PCDs)

banner-esta-vaga-nao-e-sua-nem-por-minuto

___________________

Texto de Alexandre dos Santos Gouveia

Alexandre dos Santos Gouveia é formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero, foi estagiário da equipe de comunicação do Banco Santander, atuou em rádios como comentarista esportivo e já participou de trabalhos voluntários ligados à prática do futebol. Atualmente é assistente administrativo de comunicação da Zurich Seguros.

Cartões de estacionamento para idosos e PCDs – Campo Grande

Saiba como fazer seu cartão de estacionamento em Campo Grande:

Você idoso ou pessoa com deficiência já teve dores de cabeça com vagas de estacionamento? Esse seu direito foi injustamente questionado alguma vez? Ou em muitas ocasiões, viu cidadãos que não se enquadram em nenhum desses dois grupos utilizarem essas vagas de forma ilegal?

20111212060850img-credenciais

Se a resposta das três perguntas for sim, saiba que existe um cartão de estacionamento criado para regulamentar o uso desses espaços. Saiba como obter esse documento de acordo com o estado onde você vive.

CAMPO GRANDE

Os sul-mato-grossenses de Campo Grande que sejam idosos ou pessoas com deficiências devem solicitar a credencial a AGETRAN (Agência Municipal de Transporte e Trânsito).

Endereço: Av. Gury Marques, 2395 – Bairro Universitário

Horário de atendimento: das 8h às 11h e das 13h às 16h

Telefone: (67) 3314-3408 / 3314-3419

Documentos necessários para PCDs:

– Endereço completo, telefone ou outras fontes de referência;

– RG e CPF originais ou cópias autenticadas em cartório;

– Comprovante de residência original ou cópia autenticada em cartório;

– Laudo médico que comprove a deficiência.

Os idosos precisam dos mesmos documentos com exceção do laudo médico. Motoristas que utilizarem irregularmente as vagas de estacionamento reservadas são multados em R$ 53,20 e recebem três pontos na CNH.

???????????????????????????????

_________________________

Texto de Alexandre dos Santos Gouveia

Alexandre dos Santos Gouveia é formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero, foi estagiário da equipe de comunicação do Banco Santander, atuou em rádios como comentarista esportivo e já participou de trabalhos voluntários ligados à prática do futebol. Atualmente é assistente administrativo de comunicação da Zurich Seguros.

Cartões de estacionamento para idosos e PCDs – Fortaleza

Em Fortaleza, multa para quem estaciona em vagas preferenciais. Confira as demais capitais nas postagens seguintes:

Você idoso ou pessoa com deficiência já teve dores de cabeça com vagas de estacionamento? Esse seu direito foi injustamente questionado alguma vez? Ou em muitas ocasiões, viu cidadãos que não se enquadram em nenhum desses dois grupos utilizarem essas vagas de forma ilegal?

20111212060850img-credenciais

Se a resposta das três perguntas for sim, saiba que existe um cartão de estacionamento criado para regulamentar o uso desses espaços. Saiba como obter esse documento de acordo com o estado onde você vive.

Fortaleza

Já os cearenses interessados no cartão de estacionamento, devem se dirigir a AMC (Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e Cidadania).

Endereço: Avenida Aguanambi, 90 – José Bonifácio

Horário de funcionamento: 8h ás 19h

Cópias de documentos necessários:

– RG;

– CPF;

– Comprovante de residência;

– Laudo médico (só para PCDs

No caso dos menores de idade, devem ser apresentados os documentos deles e de seus responsáveis.

A credencial é emitida imediatamente e pode ser utilizada em qualquer veículo que transporte seu portador. Pessoas que usarem irregularmente as vagas reservadas para idosos ou PCDs pagam multa de 53,20. Os órgãos que fiscalizam o trânsito em Fortaleza têm adotado medidas que facilitam a identificação e punição dos motoristas infratores.

carros-ficam-mais-caros

__________________

Texto de Alexandre dos Santos Gouveia

Alexandre dos Santos Gouveia é formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero, foi estagiário da equipe de comunicação do Banco Santander, atuou em rádios como comentarista esportivo e já participou de trabalhos voluntários ligados à prática do futebol. Atualmente é assistente administrativo de comunicação da Zurich Seguros.