Piercing faz tetraplégicos dirigirem cadeira de rodas

Você, que se chateia por não conseguir empurrar sua cadeira de rodas sozinho, não suporta sempre ser obrigado a pedir para alguém conduzi-la, sente falta de mais liberdade e, assim como eu, nunca foi muito fã de piercings no nariz, no umbigo ou em qualquer outra parte do corpo, acredite se quiser, esse acessório adorado por uns e odiado por outros, pode mudar sua vida!

É isso mesmo!

Você poderá utilizar um piercing na língua, desenvolvido por cientistas do Georgia Institute of Technology (EUA), para guiar sua cadeira de rodas!

Agora, creio que esteja pensando: “Não pode ser! Como isso funciona?”

piercing-na-lingua-independencia-tetraplegicos-esta-vaga-nao-e-sua

Trata-se do “Tongue Drive System” ou Sistema de Condução pela Língua. Imagine um imã sendo colocado junto ao piercing, formando um campo magnético dentro da boca, que é controlado pelos movimentos de sua língua, captados por sensores posicionados na cabeça, nas bochechas, e transmitidos via Wireless para Smartphones, computadores ou Ipads com um software capaz de executá-los com a cadeira de rodas.

Ficou com água na boca? A novidade pode representar seu grito do Ipiranga: “Independência!”

Está enganado se pensou que as melhorias trazidas pelo piercing param por aí. Testes feitos em centros de reabilitação mostraram que o acessório pode torná-lo capaz de superar obstáculos físicos, comandar um computador com mais facilidade e até dirigir carros adaptados. Depois de saber disso tudo, pelo menos esse piercing você vai pensar em pôr, não é?

piercing-na-lingua-independencia-tetraplegicos-esta-vaga-nao-e-sua

Um importante próximo passo a ser dado pelos cientistas que desenvolveram o sistema com o apoio da Apple, é aumentar sua sensibilidade, expandindo o repertório de movimentos controlados, de modo que cada dente tocado represente um comando diferente. Isso te proporcionaria gradativa autonomia para fazer essas e outras atividades. Já pensou? Além de ser uma alternativa esteticamente mais agradável em relação ao sistema de inspiração e expiração, ainda usado por tetraplégicos para dirigirem suas cadeiras de rodas.

Animou-se, certo? Então comece suas economias! O “Tongue Drive System”, que ainda precisa de autorização das autoridades americanas na área de saúde para ser comercializado, terá um custo até agora estimado em US$ 7 mil.

Essa inovação é mais um exemplo de como a ciência pode proporcionar a você e a todos os outros cadeirantes, um grande salto em qualidade de vida e autonomia, ideais que norteiam seu dia-a-dia de luta.

Encoraje-se para em breve se dirigir à volta ao mundo sob duas rodas! É piercing na língua e cadeira na estrada!

Fonte.

___________________

Texto de Alexandre dos Santos Gouveia

Alexandre dos Santos Gouveia é formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero, foi estagiário da equipe de comunicação do Banco Santander, atuou em rádios como comentarista esportivo e já participou de trabalhos voluntários ligados á prática do futebol.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s